Confiabilidade

Confiabilidade
e garantia total da velocidade contratada (o que é isso?).

Produtividade

Desempenho e Produtividade
para sua empresa.

Suporte

SLA de reparo com 99,6% de disponibilidade.
Internet Dedicada: o meu cliente merece a melhor Internet?

Internet Dedicada: o meu cliente merece a melhor Internet?

Impressões de quem vende Internet Dedicada

internet dedicadaTodos os dias eu trabalho com vendas de Internet Dedicada. Uma rotina simples de anunciar o serviço e esperar os contatos. Também ligo para prospectar novos, mas isso já está em menor escala, visto que construí uma carteira no decorrer desses três anos de trabalho com a modalidade.

Já abri propostas para inúmeros Leads (clientes em potencial), e, dentre os tais, poucos se interessaram pela qualidade do produto que estavam a sondar.

É lógico: em um mercado tão competitivo – pelo menos assim avalio enquanto Consultor – e ávido por preço, o quesito qualitativo acaba tendo uma importância secundária para uma grande parcela dos interessados.

Um Link Dedicado de verdade, ou um abacaxi para descascar durante anos a fio de contrato?

A primeira pergunta feita, na maioria das vezes, é quanto custa um Link Dedicado da Vivo – pois este é o produto que vendo. Neste ponto, vislumbro dois tipos de cliente: o que é preocupado com o preço em exclusivo (cliente quantitativo), e aquele que mensura o valor que esse preço tem em sua composição (cliente qualitativo).

Bem! Eu possuo uma tabela com todas essas informações, a qual é imediatamente passada ao interessado. Aos que trabalham somente com o preço, o histórico pende para a desistência imediata ou pós-formalização de orçamento.

São clientes que precisam do menor preço possível, nem que para isso o produto não seja o melhor. Infelizmente (para mim), não consigo convertê-los em clientes, pois o meu produto agrega um valor que eles não podem pagar ou não estão dispostos a isto.

O cliente qualitativo é diferente. Também me pergunta sobre o preço, é verdade, mas vão além disso através de questionamentos sobre a confiabilidade do produto, se é um link dedicado estável, com bom suporte, com uma quantidade X de IP’s fixos e outras singularidades que eles acreditam ser importantes para o que estão procurando.

Com tais clientes, construí minha carteira e os tenho como parceiros até hoje. Provavelmente, fizeram uma excelente escolha levando em consideração a qualidade dos produtos que almejaram, por isso estão comigo por todos esses anos.

Mas … E o abacaxi?

Onde entra o abacaxi nessa conversa? A partir do momento em que eu (provedor de internet) prezo somente por preço e ofereço um produto duvidoso ao meu cliente final, há um grande risco dessa economia se transformar em diversos telefonemas raivosos (rs!) de usuários insatisfeitos com quedas constantes de internet, lentidão e até mesmo interrupção dos serviços.

Você já colocou na ponta do lápis quanto custa meia hora de link sem serviço? Um cliente insatisfeito volta a fazer negócio com você? Se as respostas para as duas perguntas foram “um bom dinheiro” e “nunca mais”, é hora de tentar aliar preço x qualidade no seu negócio e avaliar se o seu cliente está recebendo a melhor internet.

Eu comercializo o Link Dedicado Vivo, mas tenho a consciência que existe gente mais barata. Paciência! É aquilo … Fusca e Ferrari são dois carros, e eu nunca ouvi reclamação sobre Ferraris …

Bons negócios para todos.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *